Você está aqui: INPE / Divisão de Geofísica Espacial / Sala de Imprensa / Leia na íntegra

Notícia

Internacionalização da pós-graduação do INPE é aprovada pela CAPES

por INPE
Publicado: Ago 21, 2018
Compartilhamento no FacebookCompartilhamento no Twitter

São José dos Campos-SP, 21 de agosto de 2018

Imagem Internacionalização da pós-graduação do INPE é aprovada pela CAPES

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) foi selecionado para o Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Conforme anunciado pela CAPES nesta segunda-feira (20/08), os recursos de 2018 do PrInt serão destinados a 25 instituições que participaram do processo de seleção iniciado em 2017. Os projetos escolhidos começarão em novembro, com um prazo de duração de 4 anos. A partir de 2019, a CAPES investirá R$300 milhões anualmente  no programa.

O PrInt financiará o auxílio para missões de trabalho fora do país, recursos para manutenção de projetos, bolsas no exterior (doutorado sanduíche, professor visitante júnior e sênior e capacitação em cursos de curta duração) e no Brasil (Jovem Talento, Professor Visitante e Pós-Doutorado).

O INPE mantém programas de mestrado e doutorado nas áreas de Geofísica Espacial, Meteorologia, Sensoriamento Remoto, Engenharia e Tecnologia Espacial, Astrofísica, Computação Aplicada e Ciência do Sistema Terrestre. As inscrições estão abertas até 30 de outubro.

Ranking Web of Research Centers

O INPE está na 5ª posição na América Latina - 3ª no Brasil – na edição 2018 do Ranking Web de Centros de Pesquisa do Mundo. Realizado pelo Laboratório de Cibermetria do Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) da Espanha, a iniciativa mede a atividade científica, o desempenho e o impacto das publicações científicas na internet. Confira aqui o ranking.


Logo INPE © Todas as matérias e imagens poderão ser reproduzidas, desde que citada a fonte.